Coisa de Mulher em São Paulo – SEXTA

Teatro - Comédia
Março à Maio | Sextas às 22h45 | Sábados às 22h00 | Domingo às 20h00
TEATRO GAZETA
Av. Paulista, 900 - Térreo - Próximo ao Metro Trianon - São Paulo - SP
Classificação: 12 anos| Duração: 70 min
INTEIRA - Sexta - R$ 60,00 | Sábado - R$ 70,00 | Domingo - R$ 60,00
Pode ser comprado por qualquer pessoa. Será acrescentado a taxa de serviço na fianlização da compra
MEIA - Sexta - R$ 30,00 | Sábado - R$ 35,00 | Domingo - R$ 30,00
Estudantes: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Graduação e Pós-Graduação (apresentar boleto original do mês, caso a carteirinha de estudante não tenha validade vigente), aposentados, pessoas acima de 60 anos, professores da rede pública. Será acrescentado a taxa de serviço na fianlização da compra

"Coisa de Mulher", de Walter Jr. , é uma bem-humorada paródia do cotidiano de Núbia de La Canastra, uma apresentadora famosa de um programa feminino de sucesso na TV que já não suporta mais lidar com sua rotina enfadonha de trabalho. Infelizmente ela não tem outra saída a não ser cumprir seu papel, o que aliás, faz maravilhosamente bem... até o momento do primeiro comercial."

Para comprar em outra data clique nos ícones abaixo ou role a página para concluir seu pedido:

Disponível: Em Estoque

R$0,00
SELECIONE A DATA:

Mais Informações

Informação Adicional

Observações

Para Comprar execute o passo-a-passo abaixo:

- clique em cima da cadeira que estiver disponível - na cor verde
- selecione o tipo de ingresso e siga as instruções

Apos ter selecionado todas as cadeiras, clique em finalizar pedido, preencha um breve cadastro, escolha a forma de pagamento e clique no check box do aceite de utilização do website

Assim que seu pagamento for confirmado, enviaremos para seu email o e-ticket. Imprima este email e apresente no dia e local do evento para trocar pelos ingressos.

O INGRESSO DEVE SER RETIRADO NA BILHETERIA DO TEATRO, NO DIA DO ESPETÁCULO COM UMA HORA DE ANTECEDÊNCIA. É INDISPENSÁVEL A APRESENTAÇÃO DO VOUCHER IMPRESSO COM DOCUMENTO COM FOTO.

RELEASE COMPLETO

SOBRE A OBRA- "Coisa de Mulher", de Walter Jr. , é uma bem-humorada paródia do cotidiano de Núbia de La Canastra, uma apresentadora famosa de um programa feminino de sucesso na TV que já não suporta mais lidar com sua rotina enfadonha de trabalho. Infelizmente ela não tem outra saída a não ser cumprir seu papel, o que aliás, faz maravilhosamente bem... até o momento do primeiro comercial.

"Sempre trabalhei em horários alternativos. Isso me deu a oportunidade de assistir a vários programas vespertinos, direcionados ao público feminino. Certa vez me peguei pensando como seria a rotina de uma apresentadora que tivesse a obrigação de fazer programas diários ao vivo. E por muitos anos... Quais problemas ela enfrentaria? O que ela realmente pensaria dos produtos e convidados que mantinham seu programa no ar e muito dinheiro em sua conta bancária? E o que aconteceria se um dia ela chegasse ao limite? Como seria se fosse 'eu' essa apresentadora? Desses questionamentos - e algumas gargalhadas - brotou a semente de "Coisa de Mulher" em minha cabeça. Obviamente a peça não é baseada na vida real, mas sim num conjunto de personagens peculiares que desfilam num espetáculo pintado a cores fortes no exagero. Todos deliciosamente reais e divertidos. E a pergunta que deixo para o espectador é: Quem nunca esteve à beira de um dia de... Núbia?” Walter Jr

SOBRE O AUTOR WALTER JR.

É professor por formação, tradutor, revisor, letrista e autor. Definise como um atento observador do comportamento humano, descobriu sua habilidade como autor escrevendo peças ainda na época de escola, onde os personagens eram sempre baseados na observação do comportamento dos colegas e professores. É ex-aluno do curso de interpretação do Teatro-Escola Célia Helena (1989), onde foi aprovado no processo seletivo em 1º lugar pela qualidade do texto da sua redação.

Em 1999, levou seu antigo "hobby" como autor para os palcos profissionais com a estreia da comédia musical "Bem-vindo a Bordo", sob a direção de Carlinhos Machado. Continuou seu trabalho como autor e letrista nos espetáculos musicais infantis e destacou-se nos espetáculos "Vampirinhos na Bloodway", com direção de Rosely Fiorelli, - que excursionou por 7 cidades do Japão em 2005 - e "Planeta Sbrufs, uma História de Amor à Terra", com direção de Maximiliana Reis que ficou em cartaz por 4 anos no Teatro Gazeta em São Paulo, excursionou para outras praças e foi adaptado para a TV pela Rede TV Cultura.

Ele é autor de mais de 30 textos -11 já encenados -, criou mais de 150 personagens e assina as letras de mais de 70 canções para teatro musical, dos quais destacamos: "O Patinho Preto", de Walter Quaglia e direção de Maximiliana Reis, "H2O, uma fórmula de amor", de Elísio Lopes Junior e direção de José Pando e "A Saga da Bruxa Morgana e a Família Real", de Alonzo Alvarez e direção de Cristiane Tricerri, entre outros trabalhos. Seu estilo favorito é a comédia, gosta de abordar assuntos que levem a plateia a uma reflexão de seu próprio comportamento, através de histórias recheadas de personagens intensos que mostram – como já disse Caetano – que "de perto ninguém é normal".

O ELENCO OCTÁVIO MENDES é ator, autor e diretor teatral. Formado pela Escola de Arte Dramática da USP, ele assina texto e direção dos espetáculos “SACRILÉGIO”, “BENÊ E RAY” “MIDNIGTH CLOWN” e “AIR FLY”, nos quais também trabalhou como ator. Em seu currículo constam espetáculos de peso, como: “APARECEU A MARGARIDA” (direção: Noemi Marinho); “MORUS E SEU CARRASCO” (direção: Gianni Ratto); “REI LEAR”, (texto de William Shakespeare, direção: Ulysses Cruz); “O MÉDICO E O MONSTRO” (direção: Marco Nanini); “SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO” (texto de William Shakespeare, direção: Cacá Rosset); “ELA É BÁRBARA” (direção: Cecil Thiré); “INSÔNIA” (direção: Nilton Bicudo); “O FALECIDO” (direção: Antonio Rocco) e "A Bela e a Fera, o Musical da Broadway" (Teatro Abril), entre outros. Destacou-se em “TERÇA INSANA” com a personagem "Irmã Selma" (que posteriormente ganhou uma versão solo no teatro) e como diretor do espetáculo “CAMILA BACKER LIVES IN CONCERT”. Na TV atuou em: “MULHERES APAIXONADAS”, “SANDY E JUNIOR”, “RETRATO DE MULHER”, “DA COR DO PECADO”, “SOB NOVA DIREÇÃO” e “CARGA PESADA”, na TV Globo , e em “O COITADO”, “O DIREITO DE NASCER” e “BRAVA GENTE”, no SBT, onde atualmente integra o elenco do humorístico A Praça é Nossa”.

MÁRCIA MANFREDINI é atriz e produtora. Formada pela Faculdade e Conservatório "Marcelo Tupinambá" em 1983. Trabalhou durante 3 anos, após formada, com Miriam Muniz - diretora e preparadora de atores. Participou de várias peças teatrais, entre elas: "Camila Backer Lives In Consert" (direção: Octavio Mendes); "O Bem Amado" (direção: Cesar Pezzuolli); "O Diário de Um Mago" (direção: Paulo Trevisan), "Sacrilégio" (direção: Octavio Mendes e Ilana Kaplan), "O que aconteceu a Baby Neide" (direção: Marcelo Mansfield), "As Favoritas do Radio (direção: Regina Galdino), "Cada um Tem o Anjo que Merece" (direção: Eduardo Martini), entre outras. Em cinema, atuou em: "Sábado" (de Ugo Giorgete), "Alô" (de Mara Mourão) e “ Atrás do Biombo” ( de Aldo Camolez). Estreou na TV em 1990 na TV GLOBO com "Vidigal" (direção: Mauro Mendonça Filho) e integrou os elencos de "Sandy e Jr" por 3 temporadas, "Retrato Falado", "A Diarista" e "A Grande Família" por 4 temporadas e participou em "As Três Teresas" do GNT, além de filmes comerciais para cinema e TV como a campanha "Foi pra Conta" do Banco Itaú 30 horas.

DEISE PAZ - Atriz, apresentadora, mestre de cerimônias e publicitária. Formada na UNISINOS - RS, no BRAAPA e INCENNA - SP, estudou com Walter Avancini e Jacques Lagoa, entre outros. Apresentou o programa "ALL TYPE" na TV ABCD (2013 a 2015), onde entrevistou vários profissionais renomados do meio da comunicação. Apresentou o programa "ABSOLUTA", na TV Uniban (2004 a 2006). Como atriz na TV atuou na novela "Marisol" (SBT), "Turma do Gueto" (Record) e atualmente faz uma repórter no seriado da Multishow “Chamado Central” com o Rafinha Bastos. Interpretou a madrasta e a bruxa em "Branca de Neve" (2014); protagonizou o espetáculo "Você Nú Entre Quatro Paredes" (2008); atuou também nos espetáculos: "Violência" e "TEENS" (2007), "O Sítio do Pica Pau Amarelo (2006) e "Alto da Barca do Inferno" (2005). Trabalhou com o grupo Artpalco fazendo teatro-empresa entre 2003 e 2010. Atua em comerciais de televisão, somando mais de 60 comerciais como protagonista e coadjuvante desde 1989. Está participando de um novo sitcom escrito por Octávio Mendes e de um seriado infantil escrito por Flávio Guedes. Atua como Mestre de Cerimônia em eventos.

Participação Especial- ADRIANA LESSA é atriz, cantora e apresentadora. Antes de iniciar seus trabalhos como atriz em 1986 com o diretor teatral Antunes Filho, foi atleta e participava da equipe de voleibol do Sport Club Corinthians Paulista e da equipe de atletismo da cidade de Guarulhos. Na TV, fez sua estreia em "Araponga, na TV Globo, dando início a diversos outros trabalhos. Algum tempo depois, Adriana ganhou um papel na minissérie "Chiquinha Gonzaga", mas o grande sucesso chegou com "Naná", na novela "Terra Nostra". Na TV Globo fez também "Aquarela do Brasil","O Clone" e "Senhora do Destino". Na TV Record participou da minissérie "O Desafio de Elias" e de "Alma de Pedra". Em 2010 assinou contrato com o SBT para atuar na novela "Corações Feridos". Em 2012 voltou a atuar na Rede Globo de Televisão, com o programa "Na Moral". No teatro foi a única brasileira a participar do musical Folies Bergère, em Las Vegas, a convite do programa Amaury Jr.; foi dirigida por Wolf Maya no musical "Cabaret Brazil"; por Tânia Nardini, no premiado musical internacional "Rent"; e por Roberto Lage na leitura dramática do texto de Plínio Marcos, "A Mancha Roxa" (2000). Atuou na peça "Veneza" (direção: Miguel Falabella) e em "O Último Bolero. Foi apresentadora do programa "MTV Brasil", na MTV em 1993, "TV Fama" ao lado de Nelson Rubens, na RedeTV! Na TV, atuou também em "Sessão de Terapia -2ª Temporada" (GNT), com direção de Selton Mello. Recentemente finalizou gravações da novela "ESCRAVA MÃE" pela Rede Record e no teatro integra o elenco da comédia "Os Monólogos da Vagina" ao lado de Maximiliana Reis e Cacau Melo.

DIREÇÃO
MAXIMILIANA REIS iniciou profissionalmente como atriz em 1983. Trabalhou e excursionou com a Cia. Arte Livre por 9 países, totalizando 320 cidades europeias conquistando 9 Festivais Internacionais. No Brasil obteve 06 premiações com o espetáculo "Draculinha"dentre eles: Melhor Atriz, Direção e espetáculo. Produziu e dirigiu os espetáculos: "Marly Emboaba", "Draculinha, A Vida Acidentada de um Vampirinho", "Vote no Draculão na próxima eleição", "O Patinho Preto", "Vampirinhos na Bloodway", atuou como atriz em "Grease, o Musical". Dirigiu e atuou no Musical: "Planeta Sbrufs". Está no elenco de "Os Monólogos da Vagina" com direção de Miguel Falabella. Protagonizou por 04 anos "Querido Mundo", de Miguel Falabella e Maria Carmem Barbosa, com direção de Rubens Ewald Filho. Dirigiu : "7 é Demais" com texto e atuação de Sônia Ferreira,"Não me Acompanhe que Eu Não Sou Novela", dirigiu também "Os Saltimbancos" pela Cia. Realce em 2006 e 2014. Viveu Tatiana Belinky no Musical "Um Punhado de Letras..." (Indicada para o prêmio FEMSA como atriz). Em 2013 atuou em "Conexão Marilyn Monroe", com direção de Alexandre Reinecke. Participou de "8 longa-metragem". Atuou na novela "Maria Esperança" (SBT), foi coaching de Cláudia Raia em "Salve Jorge" (TV Globo), participou da novela "Chiquititas" (SBT) como Leila, uma assistente social e integrou o elenco da novela "Cúmplices de um Resgate", no SBT, interpretando Berta.

FICHA TÉCNICA Texto- Walter Jr. Elenco- Octávio Mendes, Márcia Manfredini e Deise Paz Trilha Sonora Charles Dalla Iluminação Criação - Mattheus Chaves Figurinos- Márcia Bilhasi (Brechó Vip ) Cenário- Alex Costa ( SC Stand) Design de Arte e Comunicação Pedro Veras Direção Maximiliana Reis e Octávio Mendes Produção Executiva: Deise Paz e Maximiliana Reis Grupos e Caravanas: rmbrasileventos@uol.com.br e deisepazrs@yahoo.com.br Realização: R&M Brasil Produçôes Artísticas

Produção: TEATRO GAZETA