O Fantasma da Minha Sogra – Ingressos - O Fantasma da Minha Sogra

Duplo clique para aumentar imagem

Afastar
Aproximar

Mais Imagens

  • O Fantasma da Minha Sogra – Ingressos - O Fantasma da Minha Sogra
Compartilhe:
Teatro - Comédia - CLIQUE AQUI PARA COMPRAR NA SEXTA
Janeiro | Sextas às 23h | Sábados às 22h30 | Duração: 70 min
TEATRO BIBI FERREIRA
Av. Brigadeiro Luis Antonio, 931 - Bela Vista
Classificação: 12 anos.
INTEIRA SEXTA - R$ 60,00 + R$9,00 de Taxa de serviço
INTEIRA SÁBADO - R$ 70,00 + R$10,50 de Taxa de serviço
Pode ser comprado por qualquer pessoa.
MEIA SEXTA - R$ 30,00 + R$9,00 de Taxa de serviço
MEIA SÁBADO - R$ 35,00 + R$10,50 de Taxa de serviço
Estudantes: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Graduação e Pós-Graduação (apresentar boleto original do mês, caso a carteirinha de estudante não tenha validade vigente), aposentados, pessoas acima de 60 anos, professores da rede pública.

Falar de sogra já sugere piadas, cenas engraçadas ou situações hilárias, imagine uma comédia, onde o Fantasma da Sogra volta para se vingar do Genro?

Pois esta comédia, muito mais hilária do que uma simples piada “de sogra” mostra o que aconteceu a um Genro safado, que passou a vida tapeando a sogra, se apoderando dos seus pertences e usando a filha da própria como chantagem e interesses para aumentar a sua fortuna.

Após festejar a morte da mãe da sua “querida esposa”, ele não tem outro objetivo a não ser colocar a mão na herança que a pobre deixou. Morreríamos de pena se a história acabasse assim. Mas ela volta em forma de fantasma para se vingar e ainda, usa a coitada da empregada que é uma sensitiva de quinta categoria para intervir neste plano.

Numa sequencia de cenas onde a comédia dos erros se faz presente, no entre e sai de um Vaudeville que ultrapassa os limites da quarta parede, O FANTASMA DA MINHA SOGRA não vem para assustar ninguém, apenas para matar de rir o espectador.

O texto é do premiado Ronaldo Ciambroni que já foi agraciado com dois Moliere e outros inúmeros prêmios, é considerado o autor nacional mais montado no Brasil.

Ciambroni também encabeça o elenco, dono de um curriculum bastante conhecido no teatro e na TV, alem de autor premiado pelos seus textos para crianças, adultos, novelas e seriados, também tem uma carreira sólida como ator , sendo a sua interpretação em Donana, premiada no festival de Cuba em 95, e considerada uma das dez melhores que passaram pela Europa na virada do século.

Disponível: Ingressos indisponíveis. Verifique disponibilidade no local do evento.

R$0,00

Mais informações:

Para Comprar execute o passo-a-passo abaixo:

- clique em cima da cadeira que estiver disponível - na cor verde
- selecione o tipo de ingresso e siga as instruções

Apos ter selecionado todas as cadeiras, clique em finalizar pedido, preencha um breve cadastro, escolha a forma de pagamento e clique no check box do aceite de utilização do website

Assim que seu pagamento for confirmado, enviaremos para seu email o e-ticket. Imprima este email e apresente no dia e local do evento para trocar pelos ingressos.

O INGRESSO DEVE SER RETIRADO NA BILHETERIA DO TEATRO, NO DIA DO ESPETÁCULO COM UMA HORA DE ANTECEDÊNCIA. É INDISPENSÁVEL A APRESENTAÇÃO DO VOUCHER IMPRESSO COM DOCUMENTO COM FOTO.

RELEASE COMPLETO

Falar de sogra já sugere piadas, cenas engraçadas ou situações hilárias, imagine uma comédia, onde o Fantasma da Sogra volta para se vingar do Genro?

Pois esta comédia, muito mais hilária do que uma simples piada “de sogra” mostra o que aconteceu a um Genro safado, que passou a vida tapeando a sogra, se apoderando dos seus pertences e usando a filha da própria como chantagem e interesses para aumentar a sua fortuna.

Após festejar a morte da mãe da sua “querida esposa”, ele não tem outro objetivo a não ser colocar a mão na herança que a pobre deixou. Morreríamos de pena se a história acabasse assim. Mas ela volta em forma de fantasma para se vingar e ainda, usa a coitada da empregada que é uma sensitiva de quinta categoria para intervir neste plano.

Numa sequencia de cenas onde a comédia dos erros se faz presente, no entre e sai de um Vaudeville que ultrapassa os limites da quarta parede, O FANTASMA DA MINHA SOGRA não vem para assustar ninguém, apenas para matar de rir o espectador.

Caio vem de uma família sem nenhuma estirpe, pai estelionatário, mãe viciada em dar golpes pela Internet, irmã prostituta da alta sociedade, casou com a doce Mary Ellen, filha de um grande empresário americano que se casou com uma portuguesa, dura de roer a não ser...se alguém quiser quebrar todos os dentes e é exatamente esse osso que Caio vai ter que engolir.

Esperança, embora de nome latino é portuguesa de Alem Tejo, agora, simplesmente do Alem. Nunca concordou com o casamento pois sempre desconfiou que o casamento de Caio com Mary, era um grande golpe planejado pelo inteligente rapaz. Como não teve jeito, a paixão da moça foi implacável, os dois se casaram. Esperança, viúva e herdeira de um grande império, não conseguiu impedir esse relacionamento. Abatida por um mal não diagnosticado, ela cai adoecida e Caio se aproveita para dominar as empresas. Mas como a esperança é a última que morre, ela volta após a morte para se vingar do mancebo.

Mary Ellen é excessivamente alienada, nunca precisou trabalhar, sempre viveu no glamour patrocinado pelo pai. Pensou ter feito a melhor coisa da vida em ter se casado, o pior é que ela não consegue sofrer com nada, nem com os golpes do maridão.

Carolaine, uma criatura impar, empregada da casa, não sabe de onde veio e a que veio, mas acha que tem poderes sobrenaturais e fica aterrorizada ao perceber que realmente isso é verdade. Ela é o canal para Esperança se comunicar com a terra, mas também não deixa de negociar uns presentes, já que fora criada desde bebê por aquela família. Ela não gosta de Caio por que sabe das suas falcatruas e é claro, vai se unir ao Fantasma para derrubar o patrão.

Tudo começa a ficar estranho, papeladas e documentos somem, objetos mudam de lugar é a vingança maligna da portuguesa...

Essas personagens ainda contam com a companhia de Miúdo, um jardineiro sarado, muito simples e que mexa com a cabeça das mulheres, inclusive as do alem.

Claro que o inteligente Caio esta sendo aconselhado por alguém que entende de leis e contrata Dr. Walter, um advogado fracassado que pensa estar conseguindo entrar numa grana preta e o máximo que ele vai conseguir é entrar pelo cano..

O texto é do premiado Ronaldo Ciambroni que já foi agraciado com dois Moliere e outros inúmeros prêmios, é considerado o autor nacional mais montado no Brasil.

Ciambroni também encabeça o elenco, dono de um curriculum bastante conhecido no teatro e na TV, alem de autor premiado pelos seus textos para crianças, adultos, novelas e seriados, também tem uma carreira sólida como ator , sendo a sua interpretação em Donana, premiada no festival de Cuba em 95, e considerada uma das dez melhores que passaram pela Europa na virada do século.

O FANTASMA DA MINHA SOGRA
Esta em cartaz a 6 anos ininterruptos
Com média de publico de 500 mil espectadores.

FICHA TÉCNICA
Texto e direção : Ronaldo Ciambroni

Elenco: Ronaldo Ciambroni , Rodrigo Nascimento, Eduardo Guimarães, Cris Ciambroni, Magda Mieli, Wellington Firminio
Cenografia e iluminação: Rodrigo Ciambroni

Figurinos: Jose Luciano Moacar, Ângela Lemos e Maximos a Rigor

Realização: RCS Ciambroni Produções Artísticas

Produção: LUZ NO PALCO PRODUÇÕES